Alongue-se!!

1460107_10204045675878992_8396673164906770491_n

O alongamento é fundamental para o bom funcionamento do corpo, pois ele proporciona maior agilidade e elasticidade, ajuda no aquecimento e relaxamento dos músculos e deve ser incorporado nas atividades diárias de todos que buscam sempre se manter saudável.
Alongamentos são exercícios voltados para o aumento da flexibilidade muscular que estimulam o estiramento das fibras musculares, fazendo com que elas aumentem seu tamanho. Sua prática auxilia na redução dos danos musculares (dependendo da atividade é fundamental), relaxa o corpo, aumenta a flexibilidade e diminui dores musculares. Além de ajudar nas atividades físicas, eles podem ser feitos antes do trabalho, depois do almoço e qualquer outro lugar, pois o alongamento ajuda na respiração, facilitando a circulação sanguínea o que aumenta a concentração e melhora o raciocínio.

20140921_153244(0)

Alongar antes ou depois do treino?

Ao se alongar, o músculo é forçado a esticar suas fibras e a se adaptar a esta condição. Mas essa ação causa stress no músculo, e dependendo da atividade, esse stress pode ser bom ou ruim. Vamos entender?
Antes de um treinamento de força, por exemplo, ao combinar com o alongamento, você acaba intensificando ainda mais o stress muscular, o que pode levar a lesões e também pode comprometer o desempenho de força máxima e potência. Para alguns estudiosos e profissionais, a melhor forma de se preparar para começar o treino é realizando um aquecimento e no máximo um alongamento leve de baixa intensidade. Sendo assim, alongar alguns minutos antes de um treinamento de força, sob o ponto de vista da prevenção de lesões, não é aconselhável.

Contudo, sempre temos as exceções! Na ginástica olímpica, por exemplo, precisamos obrigatoriamente nos alongar antes, junto com o preparo físico, que no caso proporcionará flexibilidade aos movimentos que executamos, evitando assim os estiramentos e dores mal desejadas.

Já o alongamento pós-treino, é importante para qualquer atividade física! Logo após o treino, seus músculos são mais flexíveis, pois estão aquecidos (e cansados) e, portanto não conseguem resistir a sua tentativa de alongá-los. O alongamento após exercício deve ser realizado dentro de dez minutos após a conclusão, para que o corpo e os músculos não “esfriem”.

Portanto, é necessário avaliar de acordo com o exercício se vale a pena ou não se alongar antes da atividade. Lembrando que o alongamento antes de qualquer atividade não é proibido, é apenas recomendado que seja leve, e após o exercício podemos pegar um pouco mais pesado.

Respiração é fundamental! Quando estiver alongando é muito importante manter sua respiração da maneira mais natural possível. Não tente prender a respiração porque isso não vai deixar você relaxar e obter o máximo do seu alongamento, lembre-se de relaxar para sempre maximizar seu resultado!

Fora da rotina!
O alongamento não necessariamente deve estar ligado a alguma atividade física, pode fazer parte da rotina: ao levantar-se, no meio do trabalho, ou em qualquer momento em que sentir a necessidade de relaxar os músculos.

10628507_10204045675278977_2544358264343295254_n

10629688_10204045673438931_1428284605730830343_n

10590632_10203848636993143_7125969993252692062_n

Então, comece a alongar-se agora mesmo! E veja como ficará mais bem disposta para o seu dia-a-dia e seu treino!

Let’s Zumba!

20140920_111733
Mais do que simplesmente estar na moda, a zumba já está conquistando todas pessoas e predominando em todas as academias. É uma atividade física tradicional aeróbia com movimentos de dança e coreografias que misturam uma série de ritmos latinos e internacionais e está ajudando muitas pessoas a gastar muitas calorias de uma forma muito divertida e muito viciante!
Zumba é inspirado pela dança latina incorporando vários estilos como reggaeton, merengue, pop, cumbia, mambo, salsa, rumba e calipso.

O programa para fitness zumba foi criado pelo colombiano personal trainer e bailarino Beto Perez na década de 1990. Em um dos seus treinos, ele esqueceu seu CD com as músicas de ensaio, e teve que improvisar com suas canções latinas preferidas para não perder o dia de treinamento. Seus alunos adoraram, e mais tarde esse conceito foi levado para outras academias e outros países.

Ele utiliza princípios de treinamentos de resistência e intervalo de treinamento físico para aumentar a produção de calorias, tonificando o corpo e queimando gorduras. Uma aula de zumba pode queimar de 500 a 1.000 calorias, ajuda também no ganho de resistência e aumenta a eficiência dos sistemas cardiorrespiratórios e cardiovascular.

Sábado passado (não consegui postar nada por causa da correria), fomos experimentar um workshop de zumba, e em menos de 30 minutos já dava para perceber o quanto essa “dança” influencia no corpo e como queima calorias. Além disso, não da para negar o quanto é divertido, e como as músicas são muito boas!!!!

Fizemos essa aula com o grupo Shekinah Company que é sensacional, e além de zumba tem hip hop, jazz e várias outras apresentações maravilhosas que vocês precisam conferir! Pra quem ainda não conhecem deem uma olhada no insta @shekinahcompany ou no face!!!!

E você ai que gosta de dançar e quer perder muitas calorias se divertindo, já fez uma aula de zumba????

 

Será que conseguimos todos os nutrientes necessários somente com a alimentação?

10636117_10203887364241300_2166038651504225293_nLoja de suplementos: Lifestyle Nutrição e Suplementos (@lifestyle_suplementos)

Quando decidimos seguir nessa vida saudável, com alimentação balanceada, temos que levar em conta que nem sempre conseguimos suprir todas as necessidades de nutrientes que o nosso corpo precisa, pois cada alimento tem uma valor nutricional diferente, até mesmo se selecionamos dois alimentos idênticos, eles não tem a mesma quantidade de nutrientes e vitaminas. Um exemplo, é a laranja, dependendo do tipo de solo, do tempo que ela foi colhida e também de como ela foi cultivada, ela pode ter uma quantidade diferente de vitamina C comparada a uma outra laranja aparentemente idêntica. Outro exemplo também, é a quantidade de proteínas que uma carne ou frango possui, ou você acha que todos tem a mesma quantidade e são 100% compostos de proteína Muito pelo contrário.

Então, como suprir essa “deficiência” em nossa alimentação?

Primeiro passo é ir em um nutricionista, onde ele vai providenciar exames e verificar o que é recomendado para o seu tipo de organismo. Ele provavelmente vai te indicar um poli vitamínico para suprir as vitaminas que você não absorve nos alimentos. (Vitamina D por exemplo).
Em segundo lugar, ele vai avaliar a necessidade de você utilizar suplementos alimentares e COMPLEMENTAR a sua dieta balanceada, assim fornecendo nutrientes, vitaminas, minerais, fibras, aminoácidos e etc. Lembrando que complementar não é substituir e lembrando também que há muitos nutricionistas que ainda são contra suplementos alimentares, por isso, veja bem o currículo de cada um, porque os nutricionistas mais atualizados no mercado já recomendam totalmente o uso de suplementos alimentares.

Como ainda há muita dúvida sobre esse assunto, resolvi selecionar as principais dúvidas, e separar os mitos e verdades.

Mitos e verdades

Os suplementos alimentares são anabolizantes? – MITO
São duas coisas diferentes. Os suplementos são compostos naturais indicados para acrescentar os nutrientes que o organismo não absorve na alimentação, já os anabolizantes são medicamentos que envolvem hormônios masculinos para aumento dos músculos e força física.

O excesso de suplemento faz mal? – VERDADE
Mesmo que os suplementos tenham produtos naturais em sua composição, tudo que tomamos em exagero faz mal, não é verdade? O excesso de nutrientes pode causar desequilíbrio metabólico, sobrecarga renal, e vários outros problemas. Por isso sempre tem que ser acompanhado de um nutricionista.

Quem toma suplemento obtém hipertrofia muscular? – MITO
Quem toma suplementos nas condições corretas ganha massa magra e um corpo mais definido, mas não necessariamente músculos grandes. O músculo cresce com exercícios e alimentação correta.

Eu tenho uma dieta extremamente balanceada, então não preciso de suplementos? – MITO
Necessidades de nutrientes podem variar de acordo com idade, saúde, stress e treinamentos intensos. Considere os suplementos uma apólice de seguro, que preenche as lacunas que você não consegue com uma boa alimentação.

Suplementos vão te dar músculos mesmo sem treinar? – MITO
Embora suplementos possam melhorar sua saúde em geral, não são pílulas mágicas que podem transformá-lo em um fisiculturista do dia para a noite. Suplementos ajudam a maximizar seus resultados junto com a alimentação e treino.

Whey protein é um produto natural? – VERDADE
Ele é considerado um dos suplementos mais saudáveis entre os que atuam no crescimento muscular. Ele é derivado da proteína do soro do leite extraído durante o processo de produção do queijo.

Whey protein engorda? – MITO
Whey Protein não engorda. Claro, se você consumir excessivamente vai engordar, mas isso acontece com qualquer tipo de alimento. Ingerir a quantidade adequada de proteínas diárias irá assegurar ótimos ganhos musculares. Por outro lado, se você não consumir uma boa quantidade de proteínas, não vai conseguir músculos.

Creatina pode fazer mal? – VERDADE
Um dos suplementos mais utilizados para aumentar a força física, a creatina pode causar problemas nos rins e no fígado se consumida em excesso.

Há contraindicações para o uso do BCAA? – VERDADE
O BCAA se consumido sem prescrição médica e sem orientação, pode alterar os níveis de serotonina no sangue, o que pode alterar o humor ou a qualidade do sono. Pacientes com sintomas de depressão devem consultar um médico antes de consumi-lo.

Os suplementos termogênicos queimam mais gordura? – VERDADE
É verdade, mas com muito cuidado, sempre verificando com um nutricionista e temos que ver como o corpo vai receber e qual a dose adequada para cada um, pois alguns podem ser muito fortes, é legal você pesquisar bastante para decidir qual o melhor pra você.
De qualquer forma, o que acontece com os termogênicos é que as substâncias termogênicas contidas em certos alimentos têm a capacidade de aumentar a temperatura corporal , acelerando o metabolismo basal e aumentando a queima de gordura, quando tomado em cápsula, a absorção é mais rápida e mais eficaz. A termogênese é um processo regulado pelo sistema nervoso e interferências positivas nesse sistema podem ajudar no controle no emagrecimento e controle da obesidade.

Podemos concluir que nos dias de hoje os suplementos alimentares são usados por muitas pessoas, mais a maioria consome de forma errada, ou com exageros. Nas academias de musculação, podemos perguntar aqueles que praticam se já foram a um nutricionista e muitos deles só tomam por influencia de outros, o que é errado. Então vá à um nutricionista e inclua os suplementos indicados para o seu tipo de organismo.

IMG_3645Você tem mais dúvidas? Pode mandar que eu esclareço da melhor forma possível!!!

Arte Suave

Tenho certeza que você está se perguntando, como o jiu jitsu pode ser chamado de arte suave? Descubra então todos os motivos para você experimentar!

imgem

De onde?

Há aproximadamente 2500 anos os monges budistas (povo nômade) tinham a necessidade de se defender dos saques constantes dos outros povos, porém, sem poder utilizar armas (prática proibida para o povo budista). Por causa dessa necessidade, o povo budista através de um estudo de movimentos dos animais e da força da alavanca, permitindo que uma pessoa bem mais fraca derrotasse outro mais forte e mais pesado. Com isso foi criado um sistema de defesa que foi chamado de jiu jitsu.

Jiu Jitsu (japonês) significa , “suavidade”, “brandura”, e jutsu, “arte”, “técnica”, que significa “Arte Suave”. O que o jiu jitsu diferencia das outras lutas/artes é que usa-se a força do seu adversário contra ele através do equilíbrio e alavanca! As técnicas de jiu jitsu possibilitam que um indivíduo menor faça o seu oponente desistir da luta, através das técnicas de chaves sobre as articulações, estrangulamento e pressão. Portanto para os que acharam que o jiu jitsu fosse algo violento, acho que você entendeu um pouquinho da diferença agora, né? É claro que é preciso conhecer, aprender, se dedicar muito para entender melhor, mas o conceito é simples e quem não tem vontade de aprender algo que pode te ajudar em diversas situações tanto em situações mais adversas como nos treinos do dia-a-dia.

Como na maioria das vezes, ainda há um grande preconceito em relação a nós mulheres. As pessoas que são desinformadas que falam por aparências (nunca nem experimentou para falar mal), dizem que não é uma luta feminina, tem a mente maliciosa ou inventam qualquer outro tipo de preconceito. Pra quem não sabe, diversas pesquisas comprovam que mulher nenhuma perde sua feminilidade e muito menos é prejudicial ao corpo, muito pelo contrário as práticas de lutas ajudam a desenvolver o corpo e a mente assim como muitos outros esportes. Além de aumentar autoestima, melhorar a saúde, flexibilidade e ser ótimo para defesa pessoal!!!!

Em um dos treinos que eu fiz, uma vez, um dos meus professores/mestres falou algo que faz todo o sentido e que todos deveriam saber. Naturalmente as mulheres costumam ser mais flexíveis, mais disciplinadas, mais delicadas e tem um “ego” diferente comparado aos homens, que são mais brutos, mais fortes e etc. O que acontece em um treino misto é que um aprende com o outro, pois como eu disse anteriormente, o jiu jitsu não é apenas força, é mente, é técnica. Quando o homem treina com mulher, ele costuma ter mais cuidado, e aprende a controlar sua força e isso ajuda muito para quem realmente se dedica e entende que um verdadeiro lutador deve saber lidar com vários tipos de situação. (No campeonato, por exemplo, se o participante não consegue controlar a sua ansiedade e nervosismo, ele com certeza terá problemas).

O jiu jitsu exige muita disciplina e respeito, portanto, não há tanta preocupação em relação a lutar com homem (no nosso caso), da para notar os que serão engraçadinhos, e então é só não treinar com esses #¨&*!! Embora tenha posições um pouco “constrangedoras” você perceberá que é muito mais profissional do que parece e que como já disse, respeito é algo fundamental no jiu jitsu.

IMG_2809555

IMG_2807

Resumindo:

Os benefícios:

  • Aumento da Auto-Estima
  • Segurança e Auto-Controle
  • Concentração
  • Disciplina
  • Coordenação Motora e Equilíbrio
  • Agilidade
  • Auto-confiança
  • Redução de Estresse e Depressão
  • Melhora na aparência (liberação de hormônios produzidos pelo corpo)
  • Resistência física
  • Perda de Peso (queima de calorias e redução de medidas)
  • Flexibilidade
  • Tonificação Muscular
  • Melhora na Circulação e funções Cardíacas e Pulmonares, Colesterol e Diabetes
  • Melhora na qualidade do Sono

Hoje o ta­tame é lugar de mu­lher bo­nita, vai­dosa, se­gura de si e que sabe lutar!!!!

 

IMG_2803

Meu caso com o jiu…

É, foi um caso, um aprendizado, uma paixão e uma sorte de ter aprendido. O pouco que eu aprendi com o jiu jistu é impressionante, pois como eu expliquei, o jiu jitsu te ensina a ser mais confiante, a pensar antes de se jogar e tentar usar somente a força, exige muitas coisas que você leva totalmente para o seu dia-a-dia. Treinei por aproximadamente seis meses na academia Eagle One em Barueri e mais um tempo na equipe do Barão (academia 24 horas), onde aprendi muito e tenho certeza que ainda quero voltar a praticar quando eu puder. Eu me apaixonei pelo jiu jitsu, pois o desafio me motivava, e porque eu aprendi a me defender sem precisar me machucar ou que alguém me machucasse. A liberação de hormônio, assim como outras atividades físicas é muito grande o que faz você se sentir muito bem depois de um treino!

IMG_0418

 

IMG_2546

Coloquei um dos poucos vídeos que tenho gravado de treino. Esse vídeo é antigo e super simples (estávamos aprendendo, haha), mas da pra entender um pouco de como fui aprendendo. Assista!!!

 

Esse é só um trecho 😉

Está estressado (a)? Desequilibrado (a)? Inseguro (a) ou com baixa autoestima? Já pensou em fazer uma aula de jiu jitsu e entender na PRÁTICA porque o jiu jitsu é chamado de arte suave? 

Oss!

Mantenha o Equilíbrio

 

IMG_3597

O meu vício e minha paixão pelo slack só aumenta. É notável como vemos evolução com a prática, nem que seja só uma vez por semana, não da pra ficar sem praticar.
Depois que você aprende o básico de andar sobre a fita, é hora de aprender algumas manobras e posições do slack deixando esse esporte cada vez mais desafiador e mais fascinante.

Existem inúmeras manobras que podem ser feitas andando, sentando, pulando, deitando ou girando sobre a fita. Existem também diferentes posições que foram combinadas com o Yoga e que deram origem ao Yogaline, que nada mais é que passar os movimentos da Yoga para o slack, exigindo muita concentração e também não é nada fácil.

Pra ficar mais fácil de entender, coloquei algumas fotos com as posições que estou treinando.

Bailarina (Natarajasana)

20140831_124216_7_bestshot

Variação bailarina (Natarajasana)

1896989_10203848636033119_3348916829191651309_n

 

Tentativa de Guerreiro I (Virabhadrasana I)

20140831_122817

 

Oposição braço/ perna (Vyaghrasana)

IMG_3040

Posiçao de árvore (Vrkasasana)

20140831_122348

10646859_10203848637393153_6771791118213889264_n

10659448_10203848635433104_6848903094494569914_n

Handstand 😉

10590632_10203848636993143_7125969993252692062_n

Além disso, estou aprendendo algumas manobras como:

Drop Knee (Cair de joelho)

20140831_123231_LLS

10678838_10203848634353077_2362912827853127646_n

 

 Foot Plant (ficar na planta do pé)

20140831_123451

 

Buddha Sit (Sentado como o Buda)

20140831_123544

10590629_10203848637833164_2223934342080270410_n


É isso ai, mais pra frente postarei mais fotos da minha evolução no slack. Esse vídeo abaixo é sensacional e mostra praticamente todas as principais manobras de slack.

 

E você, já começou a praticar???

Alimentação Pré e Pós-treino é fundamental!

Suplemento_Alimentar

Falar em atividades físicas, sem falar sobre alimentação fica totalmente incompleto,não é mesmo? Um é complemento do outro, e os dois juntos são fundamentais para quem busca uma vida saudável. Sabemos que não é qualquer alimentação que vai nos dar energia para a prática de atividades físicas, e também não é qualquer alimentação que vai nos ajudar a conseguir o resultado esperado.

Pensando nisso, resolvi dar umas dicas do que seria o ideal comer no pré e no pós-treino. (Lembrando que são dicas baseadas no que meu nutricionista passou, e que é aconselhável que todos passem por um nutricionista para saber o que é melhor para cada organismo).

IMG-20140827-WA0014

Pré-treino:

Bom, o meu pré-treino é bem diferente dos que se ouvem falar por ai nas academias, na verdade, vou mostrar pra vocês que tem estudos científicos provando que está totalmente correto (os que falam na academia também estão, ok?! Mas é sempre aconselhável fazer de acordo com seu organismo).

Primeiramente é recomendado consumir sua refeição ou seu suplemento alimentar cerca de 1 à 1 hora e meia antes do exercício. A alimentação deve conter carboidratos de baixo índice glicêmico entre 300 a 500 calorias. Se você não tem muito tempo, pode fazer um pequeno lanche de 50 a 150 calorias um pouco antes do treino. Ou então, você pode fazer como eu, que prefiro trocar essa alimentação por suplementos alimentares que substituem de uma forma mais pura e mais completa e tem rápida absorção, o que ajuda para quem tem pouco tempo para se alimentar, além de dar mais energia para o treino.

Meu pré-treino é composto por 30g de Whey Protein Hidrolisado (Iso100 é um dos melhores e mais puros) e 10g de Waxy Maize. Quando o treino é muito longo, quando tem musculação e aeróbio, eu tomo Endurox R4 pra não catabolizar. Não entendeu nada né? Vou explicar porque eu uso cada um deles!

Whey: Pra quem não sabe ainda, a proteína é essencial na alimentação, assim como todas as outras substâncias e aminoácidos. Há vários alimentos de excelentes fontes de proteína, porém em alguns casos como no pré-treino, é necessário uma ajuda dos suplementos de proteína para estar completo e não ter problemas de ter comido demais antes de treinar, afinal deve-se fazer uma alimentação leve, porém que te de bastante energia. Muitos estão se perguntando, mas porque tomar Whey antes do treino e não depois (como a maioria fala)? Pra responder essa pergunta, separei alguns estudos que explicam melhor esse assunto.

Já foram realizados vários estudos e pesquisas sobre o uso correto do Whey Protein durante os exercícios. Um deles foi divulgado pela Amercian Journal of Physiology, onde haviam dois grupos de pessoas. Um dos grupos recebeu 20 gramas do suplemento antes dos exercícios e outro grupo recebeu a mesma quantidade após as atividades físicas. O equilíbrio da proteína muscular, ou seja, a resposta anabólica aumentou em ambos os grupos. Portanto, a pesquisa constatou que antes ou depois do treino a proteína gera resultados positivos.

Outro estudo realizado em 2010 demonstrou que usando o Whey Protein antes do treino, permite-se aumentar o gasto energético em repouso, que consiste na energia que o organismo gasta ao desempenhar as suas funções fisiológicas durante o período de não-atividade. Ou seja, mais energia gasta significa que o metabolismo está mais acelerado, logo, mais gordura está a ser queimada (*1). Já um estudo publicado em 2007 afirma que não há diferenças na quantidade de aminoácidos presentes na corrente sanguínea quer seja consumido antes, quer seja consumido depois do treino (*2).

Concluímos que é difícil informar a combinação mais adequada, tudo vai depender do seu nutricionista, da sua dieta, biótipo, exames, tipo e horários de treinos e etc.

Wazy maize: De forma bem simples, podemos dizer que o produto é extraído do amido de uma variedade de milho cultivado nos USA, chamado de milho ceroso. O amido desta espécie é constituído por 70% de amilopectina e 30% de amilose. A amilose possui um baixo peso molecular quando comparada a amilopectina, enquanto que esta possui alto peso molecular.
Tá, agora traduz?? Ele é um carboidrato extremamente puro por não conter glúten, açúcar e não retém água. Ele possui excelente digestão por ser de rápida absorção, tem uma ótima capacidade de absorver os outros nutrientes e fornece energia de forma constante!! Por isso que usando ele com Whey, ele me da mais energia pra não ter fraqueza nos treinos!!!!

298529
Pós-treino

Até duas horas após o exercicio, seu organismo vai absorver com mais facilidade os carboidratos e proteínas que você consumir nesse período. Esse tempinho chama-se “janela de oportunidade”. Nessa janela você deve tentar ao máximo otimizar a recuperação. A refeição pós-treino mais recomendada pela maioria dos médicos, seria uma combinanação de carboidratos de elevado índice glicêmico (pão integral, arroz integral, a maioria dos legumes e etc) e proteínas de elevado valor biológico (peixe, ovos, frango).

Na minha dieta (repito NA MINHA), eu não consumo a proteína no meu pós-treino, pois os meus treinos são feitos a noite, e a proteína tem lenta digestão, o que prejudica de acordo com o meu médico, a minha alimentação e futuramente os meus objetivos. Portanto eu tento consumir uma sopa de legumes, ou ainda estou autorizada a comer arroz integral, feijão e legumes, é isso mesmo você que está ai duvidando! Rsrss

“Um estudo publicado em 2013 por um grupo de pesquisadores do Brasil e da Espanha, por dois meses 58 homens com sobrepeso e obesidade seguiram uma dieta com pequena restrição calórica (250 kcal/dia) com jantar pobre em carboidratos ou com jantar rico em carboidratos. Como resultados principais, apesar da perda de peso ter sido semelhante entre as duas dietas, o percentual de gordura corporal reduziu apenas naqueles indivíduos que comeram carboidrato de noite, e eles também tiveram um aumento da massa magra. Outro resultado importante é que a dieta rica em proteínas de noite promoveu aumento da resistência à insulina, o que, em longo prazo, poderia aumentar o risco de diabetes.” (*3)

Ufa, muita informação né? Mais pra frente vou postando mais dicas e contradições aqui pra vocês acompanharem junto com os treinos. Estava muito relaxada com a minha alimentação, mesmo sabendo de tudo isso, estou voltando a ativa agora, e em breve posto a minha tabela de atividades e alimentações do dia pra vocês!!!

Todos os meus suplementos alimentares eu compro na loja: Life Style Suplementos! (Shopping Ibirapuera Lá tem todos os suplementos que eu preciso, além deles me ajudarem em dicas e informações e também tem ótimos preços. Se quiserem comprar lá, pode falar que leu no blog, que vai ganhar desconto na compra!!!! (@lifestyle_suplementos)

IMG_4141

Eai, ficou alguma dúvida?

(1) – Tipton KD, et. al., Stimulation of net muscle protein synthesis by whey protein ingestion before and after exercise, Am J Physiol Endocrinol Metab. 2007 Jan;292(1):E71-6 (LINK).
(
2) – Kyle J. & Adam J. & Jeffrey T., Timing Protein Intake Increases Energy Expenditure 24 h after Resistance Training, Medicine & Science in Sports & Exercise, May 2010 – Volume 42 – Issue 5 – pp 998-1003 (LINK).
(*3) http://www.univicosa.com.br /e também http://g1.globo.com/bemestar/noticia/2013/03/deixar-de-comer-carboidratos-noite-nao-ajuda-emagrecer-diz-medico.html

Arte, dança, esporte!

IMG_4299

Minha opinião?
Que mulher que não desejaria trabalhar os músculos do corpo, força e equilíbrio, junto com isso gastar calorias aprendendo uns truques de dança e sensualidade e trabalhar a autoconfiança, e tudo isso em um “esporte” só? Digo “esporte” (entre aspas) porque infelizmente ainda há muito preconceito sobre o pole dance. Se você for homem, provavelmente está pensando agora exatamente como a imagem abaixo, não é mesmo?

10537442_698061960266318_6916054960261331826_n

Então vamos abrir a cabeça e entender de onde surgiu o pole, para depois esclarecermos algumas dúvidas.

Onde tudo começou

Desde o século XII pratica-se uma espécie de Yoga indiana em um poste de madeira e com cordas chamado Mallakhamb (homem de força), que hoje, é conhecida como Mallastambha (ginástica do pilar), técnica usada pelos antigos lutadores de luta livre para ganhar força e desenvolver os músculos. Já o pole dance que conhecemos hoje, se originou nos anos 20, na grande depressão Americana, porém começou a ser documentado somente a partir dos anos 1980 no Canadá. E apenas em 1990 começou a trazer para a realidade comum das mulheres como maneira de manter a forma.

No passado, o preconceito era bem maior do que nos dias de hoje, não apenas no pole dance, mas também em outros estilos de dança como ballet, salsa, tango e dança do ventre. Eram consideradas danças com fundamentos na sexualidade e na luxúria e sofreram ceticismo durante anos.

A partir do ano 2000, o pole dance se desenvolveu em gêneros diversos, do exótico ao pole fitness evoluído em 2006, que permitiu as mulheres comuns a utilizarem-se da técnica dentro das suas rotinas diárias de fitness. Na verdade, um número relevante de mulheres que praticam o pole dance como fitness, possuem poles dentro de casa para tal. Mas, desde a década de 90, professores da arte se dedicam a difundir que é, na verdade, uma modalidade esportiva, já que trabalha todos os grupos musculares do corpo, exige técnica, treino, tem movimentos e graus de dificuldade definidos.

Campeonatos e disputas nacionais e internacionais têm sido criados nos quatro cantos do mundo. Já foram organizados 5 campeonatos de pole dance pelo mundo. As escolas e federações buscam junto ao COI (Comitê Olímpico Internacional) que o pole dance seja incluído nas Olimpíadas de 2020. O Brasil tem se destacado no cenário mundial do esporte e é o 2º país que registra maior crescimento de abertura de academias do mundo, com cerca de 30 escolas somente em São Paulo.

O pole dance de hoje constitui uma modalidade de exercício físico e dança que envolve o dançar com e ao redor de uma barra de metal polido, despertando a feminilidade. Essa modalidade incorpora movimentos de ginástica olímpica, movimentos livres, ballet e dança contemporânea em dimensões diferentes que incluem, posições estáticas e em movimento usando a barra e fora da barra. A atividade do pole dance desenvolve a força dos membros superiores e inferiores do corpo e das costas / área abdominal e firma todos os músculos do corpo utilizando o próprio corpo como resistência. O pole dance ajuda a perder de 350 a 400 calorias por hora! Aumenta o equilíbrio, resistência e até melhorar a respiração.

No entanto, o preconceito vai sempre acontecer, porque vai sempre existir o público que quer ver o lado sensual. O pole realmente se trata de uma prática desportiva, mas as pessoas têm as suas preferências, umas gostam mais do lado sensual, outras do lado artístico (O Cirque du Soleil utiliza bastante o Pole Dance Artístico em seus shows).

IMG_2891

O pole e eu…

Estava procurando algum tipo de dança pra voltar a fazer (Maio/2013). Comecei a encontrar coisas na internet relacionadas ao pole dance e procurei saber mais coisas a respeito. Resolvi ver de perto o que era, e então, marquei uma aula experimental na escola internacional de Pole Dance. Achei aquilo sensacional, algo desafiador, instigante que mistura dança, movimentos, dificuldade, equilíbrio, força, tudooooo que eu adoro! Tem gente que olha, que lê sobre o pole, e fala “Ah, nunca vou conseguir fazer isso” ou então “Ai eu sou fraca, não sei dançar, não, não, não….” Agora me fala, você já tentou? Já persistiu por um acaso? De novo, como falo em todos os meus posts, qualquer pessoa pode fazer, não só mulher, mas homem também (inclusive são os que desenvolvem mais rápido). Cada um tem um grau de facilidade diferente, então algumas pessoas aprendem muito mais rápido do que outras, normal.

Eu não tive muitas dificuldades no começo, o básico eu peguei fácil, mas depois vai começando a complicar, e ai que começa a ficar legal! Quanto mais desafiador, mais você quer treinar, mais você quer fazer, mais vezes você quer ir la!
Infelizmente o único tempo que eu tinha era de sábado a tarde, e confesso que uma aula por semana, as vezes é pouco para você pegar o jeito e acostumar o corpo, porque pra quem não sabe, para fazer os movimentos é preciso de muito atrito do corpo (por isso o uso da roupa curta), e esses “atritos” deixam algumas partes do corpo roxa até que o corpo acostume com os movimentos.

Fiquei mais ou menos uns 8 meses indo todos os sábados, até que houveram alguns problemas na escola, e resolvi sair. Fui então atrás de outras opções de escola, porém, na época eu estava indo viajar quase todos os finais de semana. Até comecei a fazer em outra, mas tive que parar porque não estava conseguindo mais ir. Era meu ultimo semestre da faculdade (que todos sabem que é meio loucura) então encaixei meus horários no jump, step e as vezes jiu jitsu (em breve posto aqui) na academia mesmo, quando dava pra encaixar antes ou depois da aula da facul. Depois que voltei com a Ginástica Olímpica, queria voltar pro pole também, mas ai não ia conseguir me dedicar totalmente aos dois, e também, gasta-se um dinheiro né… Ainda assim, acho demais, e aconselho a todos ir um dia pelo menos experimentar!!!!

Abra sua mente! Pole é dança, é arte, é música, movimento, superação, flexibilidade e força!

IMG_2909 IMG_0210 IMG_3725 IMG_3251

Há um evento todo ano que chama-se Pole Street, onde todas as meninas de todas as escolas, se juntam e vão para as ruas fazer a divulgação do Pole Dance, e também divulgar o campeonato (normalmente realiza-se umas semanas antes do campeonato). Ano passado eu participei, e a Leticia https://www.divatemperamental.com.br (minha irmã) tirou as lindas fotos abaixo.

IMG_3291 IMG_3292 IMG_2975